Uma LED ao fundo do túnel

Submetido por SMP em 30 Março, 2007 - 10:39

Este blog tem sido alvo de um lamentável abandono por quem mais devia amá-lo e acarinhá-lo. É situação que prometo resolver em breve, e que decorre tão-só de a vida fora da blogosfera florescer a ritmo incompatível com jardinagens, apesar de tudo, mais artificiais.

De qualquer forma, hoje tinha de vir aqui, anunciar que o apelo feito há quase um ano vê hoje o seu primeiro resultado público. E é assim que, pelas 18h30m, num cartório da Rua dos Sapateiros, a LED – Associação Liberdade na Era Digital vê a luz do dia.

No meu fato riscado de sempre (as saudades que eu hei-de um dia ter daquele fato), aquele que tem acompanhado os momentos mais cruciais da minha vida, lá estarei, com mais outras nove pessoas empenhadas em defender a liberdade e resistir ao marasmo, e acompanhados em espírito por pelo menos mais duas que não puderam comparecer.

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configurações" para activar as suas alterações.
Submetido por Ringthane (não verificado) em 30 Março, 2007 - 16:12

Parabéns :)

Submetido por SMP em 31 Março, 2007 - 12:36

Muito obrigada :) E se o tema lhe interessar, não hesite em pedir mais informações...

Submetido por Alexandre Oliveira Perdigão (não verificado) em 31 Março, 2007 - 16:04

Longa e profícua vida para esta LED, que, com orgulho, ajudei a trazer ao mundo, e que, a fazer juz ao nome, suplantará em muito a das velhinhas e caídas em desgraça, por ambientalmente incorrectas, lâmpadas incandescentes.

Submetido por Carlos Loureiro (não verificado) em 2 Abril, 2007 - 17:01

Muitos parabéns e felicidades.
Pergunto apenas: dado o objecto social, porque não esperaram pela "Associação na Hora" ou pela "Associação on-line", que deve vir já a seguir? :)

Submetido por SMP em 2 Abril, 2007 - 20:06

Obrigada pelos bons votos :)
Bom, no meu caso específico por uma antpatia personalíssima e corporativistíssima contra um Simplex que me arrasou, depois de dois anos de empenho, com as perspectivas de ser uma bem sucedida notária privada ;).
Bom, agora a sério, não estava muito certa das datas de implementação da Associação na Hora e, de qualquer forma, se seguir o modelo da empresa na hora, pode ser algo espartilhadora. Ora, nós temos uns estatutos com raízes quadradas e tudo!!!!
Por isto tudo e por amor à segurança jurídica, creio que, ainda que a ANH já fosse uma realidade, teria na mesma recorrido aos serviços de um notário.

Submetido por Ringthane (não verificado) em 24 Abril, 2007 - 11:43

Viva SMP,

eu já fiz isso, há várias luas atrás, misturado num mail no qual solicitava ainda informações de carácter profissional...

Compreendo a distracção ;)))

Submetido por Ringthane (não verificado) em 24 Abril, 2007 - 19:47

Não é distracção, e sim distração. Não tenho problemas de motricidade ;)) É o cansaço...!!!

Submetido por james (não verificado) em 23 Maio, 2007 - 22:09

é só para fazer uma pergunta deslocada no tempo:que raio se passou consigo?este blog parece...um blog fantasma.e eu até gostava dele..

Submeter um novo comentário



O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.

*

  • Tags HTML autorizadas: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • As linhas e os parágrafos quebram automáticamente