No Wikipedia for you

Submetido por SMP em 29 Agosto, 2006 - 18:39

Aparentemente, o USPTO deu ordens aos seus examinadores de patentes para não basearem os seus exames na suprema fonte wikipediana.
Bom, temos de entender a posição. Nenhum de nós ficaria muito satisfeito por ver negada a patente a uma invenção sua tendo por única fonte de ataque da novidade ou da inventividade a Wikipedia. Entretanto, o Direito Intelectual é uma área de tal forma interdisciplinar que todas as fontes disponíveis são de acolher, mais que não seja como reveladoras de outras fontes. Parece-me, de qualquer forma, que a utilização da Wikipedia nos gabinetes de exame do USPTO não foi abolida, apenas inviabilizada a sua citação como fundamento de decisões oficiais. Questão de bom senso, portanto.

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configurações" para activar as suas alterações.
Submetido por Mario (não verificado) em 29 Agosto, 2006 - 18:37

"Nenhum de nós ficaria muito satisfeito por ver negada a patente a uma invenção sua tendo por única fonte de ataque da novidade ou da inventividade a Wikipedia"

... nem satisfeito se fosse qualquer outra fonte. Mas a razão para a insatisfação só pode ser da frustração de trabalho perdido.

Eu sinto uma forte discriminação por parte do Establishment contra a wikipédia como se o facto dela ser aberta, a informação que dela vem (directa ou indirectamente) é logo olhada de soslaio.

Eu quando leio o que quer que seja na wikipedia (principalmente quando um artigo tem uma série de contribuintes e tem uma extensão razoável) assumo uma postura de respeito pela que lá está relativizando o valor do que lá está escrito (tendo em conta o funcionamento da Wikipedia). Eu nao digo: se vem na wikipedia É PORQUE NÃO há bases nenhumas.

Normalmente uso a wikipedia para chegar a outras fontes a partir das suas referências.

Submetido por SMP em 29 Agosto, 2006 - 20:26

Bom, mas isso mesmo foi o que eu defendi. E, de resto, não acredito que essa prática não caiba também na perspectiva do USPTO.
O que realmente me parece que não é sensato é rejeitar uma patente SÓ com base na Wikipedia, como não me pareceria sensato rejeitar a patente com base em qualquer outra fonte com as mesmas características. Creio que as directrizes agora traçadas pelo USPTO não ultrapassam a tal «relativização» que se admite que tem de fazer.

Submetido por Mario (não verificado) em 31 Agosto, 2006 - 04:43

SÓ com a wikipedia ou qualquer outra fonte com as mesmas caraterísticas... ora se fosse, sei lá... a Encliclopédia Britannica se calhar já dava jeito? ou a Nature... sim porque essas sao fontes irrepreendíveis e absolutas. Monitorizadas por um punhado de Altas intelectualidades altamente qualificadas...

eu nao sou especialista em direito intelectual... mas consigo compreender o objectivo de existirem patentes: defesa da inovação. Ora, uma fonte (mesmo que única) que disponha a informação necessária para por em causa a inventividade de uma invento (passe a redundancia) é mesmo bem vinda mesmo que tenha características mais...democráticas, a roçar a anarquia. Aliás, eu atrever-me-ia a dizer que só algo com as característica da wikipedia é que poderia ser uma fonte suficientemente completa e abrangente (se a nobreza e clero intelectual dignasse a contribuir para ela também).

Submetido por SMP em 31 Agosto, 2006 - 11:05

Também acho que a forma ideal de chegar a uma conclusão sólida sobre a novidade e, em menor grau, a inventividade de uma patente seria pôr toda a comunidade a trabalhar no sentido dessa indagação. É por isso que vão surgindo projectos como estes. mas não acho que por si só um artigo da Wikipedia possa servir para aniquilar o pedido de registo de um inventor. Atento o funcionamento da Wikipedia, isso daria origem a mauitas entradas “à medida” por parte de pessoas que se quisessem opor à concessão da patente e que rapidamente viriam descobrir as minas do carvão de choça para a praça pública; coisa que, temos de reocnhecer, lhes seria mais difícil fazer na Enciclopédia Britânica. Ora, nem sempre este tipo de manipulação seria facilmente detectado e revisto por outros, até tendo em conta o alto grau de especialismo de algumas das áreas envolvidas.
Todavia, mantenho o que disse acima acerca das virtualidades da Wikipedia como fonte de revelação de outras fontes.

Submetido por Anónimo (não verificado) em 28 Maio, 2007 - 08:01

9pboxtlzkz yeo61gx9z6cs6en7 [URL=http://www.468149.com/513836.html] o4w3w2pvecob5mp [/URL] 7kqt5qn5yq8blyqmw

Submetido por Anónimo (não verificado) em 28 Maio, 2007 - 08:01

9pboxtlzkz [URL=http://www.468149.com/513836.html] o4w3w2pvecob5mp [/URL] 7kqt5qn5yq8blyqmw

Submetido por Anónimo (não verificado) em 28 Maio, 2007 - 08:01

9pboxtlzkz http://www.189772.com/995918.html 7kqt5qn5yq8blyqmw

Submetido por Anónimo (não verificado) em 28 Maio, 2007 - 08:01

9pboxtlzkz tiuh3w7d8uiably7z 7kqt5qn5yq8blyqmw

Submetido por Anónimo (não verificado) em 28 Maio, 2007 - 08:01

ij1hs3yeqr2kd0qw j0o7eq7as [URL=http://www.540753.com/977324.html] h0x6rlrg9gx3 [/URL] 79ceaz8h2e

Submetido por Anónimo (não verificado) em 28 Maio, 2007 - 08:01

ij1hs3yeqr2kd0qw [URL=http://www.540753.com/977324.html] h0x6rlrg9gx3 [/URL] 79ceaz8h2e

Submetido por Anónimo (não verificado) em 28 Maio, 2007 - 08:01

ij1hs3yeqr2kd0qw http://www.432888.com/414790.html 79ceaz8h2e

Submetido por Anónimo (não verificado) em 28 Maio, 2007 - 08:02

ij1hs3yeqr2kd0qw 2jusqi7ky6yd4d 79ceaz8h2e

Submeter um novo comentário



O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.

*

  • Tags HTML autorizadas: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • As linhas e os parágrafos quebram automáticamente