Puppet Sex parte II

Submetido por SMP em 8 Junho, 2006 - 14:49

Lia-se no Metro de hoje que anda grande polémica em torno da decoração da vitrine de uma loja da Sisley na Rua Garret, em Lisboa. As mesmas pessoas que, provavelmente, nunca repararam nos gigantescos cartazes da mesma marca em que uma menina em pose lânguida se masturbava descaradamente (ou, quem sabe, se babavam com eles...) mostram-se agora muito incomodadas porque o vitrinista contratado pelo estabelecimento resolveu pôr dois manequins em poses que sugerem actos sexuais (?!).
Do artigo: Outros [moradores] ficam indignados, entram na loja e dizem que "aquilo não era necessário" (zzzz... zzzz... acrescentaria eu). Claro que também não falta o clássico think of the children, ou não houvesse, convenientemente (e onde é que não há?) uma escola básica algures nas redondezas. De Graça Talone, também moradora na zona,chega este brilhante depoimento: "Normalmente as montras são assim, mas desta vez é mais do que o costume. É uma cena explícita de sexo, e isso incomoda".
Uma "cena explícita de sexo", meus senhores. Entre dois manequins de plástico. Vestidos, ainda para mais. Com opiniões destas até me espanto com a circunstância de termos conseguido chegar a ver o team America uncensored, isto é, com sexo entre marionetas e tudo, incluindo a célebre cena que foi cortada além do Atlântico...

( categories: Blog | Contrato Social )