Lost in translation

Submetido por SMP em 15 Abril, 2006 - 16:23

A Bolívia é um lugar estranho. Aparentemente, o Município de La Paz e o Sindicato dos Trabalhadores Cinematográficos da mesma cidade celebraram um acordo com os vendedores de películas «pirata» (sim, eu sei, também não gosto do termo) que povoam a cidade com os seus postos de venda fixos (tipo quiosques). A falta de meios (nomeadamente financeiros) para perseguir este tipo de transgressão parece ser a culpada deste bizarro desfecho. Claro que as sociedades de autores e editores não se mostraram muito agradadas - pudera! - e levanta-se ainda problemas sérios de violação dos tratados internacionais que regem os direitos de propriedade intelectual, a começar pelo ADPIC/TRIPs que vincula obrigatoriamente todos os membros da OMC.
Enfim, também não acho que seja este o caminho, obviamente. Passar por cima das leis como se elas não existissem parece-me um princípio muito pouco saudável, principalmente quando o sujeito dessa atitude é uma autoridade...